Raquel Vaz Pinto

Raquel Vaz Pinto

Irão, "segurança moral" e as mulheres

Começamos a semana com uma quase-boa notícia: "a suspensão da Polícia da Moralidade do Irão". Segundo a qatari Al Jazeera, Montazeri, o Procurador-Geral iraniano, afirmou que a "Polícia da Moralidade "não tem qualquer ligação ao poder judicial e foi encerrada"". Tendo em conta o impacto negativo destes zelotas na sociedade iraniana e, em especial, a sua tirania sobre as meninas e mulheres deste país, que levou como bem sabemos aos protestos nas ruas desde meados de Setembro, é uma boa notícia.