Henrique Araújo oferece Eusébio Cup ao Benfica na estreia de Roger Schmidt na Luz

As águias venceram o Newcastle por 3-2.

O Benfica venceu esta terça-feira o Newcastle e conquistou a Eusébio Cup no Estádio da Luz. Gonçalo Ramos, Grimaldo e Henrique Araújo marcaram para as águias, enquanto Almirón bisou para os ingleses.

Roger Schmidt, em estreia no estádio do Benfica, lança um onze inicial semelhante ao das últimas partidas. Vlachodimos é o guarda-redes titular, naquela que é a posição que tem sofrido maior rotação.

A primeira oportunidade da partida surgiu para os ingleses. Jogada de Bruno Guimarães que serve Almirón. O extremo tira um adversário do caminho e, na cara de Vlachodimos, atirou ao lado.

O Benfica tentou responder pouco depois. David Neres trabalhou pela direita e cruzou de pé esquerdo para João Mário, mas o médio não conseguiu cabecear na direção da baliza defendida por Nick Pope.

À passagem do quarto de hora de jogo, surge o golo do Benfica. Canto batido por João Mário e, ao primeiro poste, Gonçalo Ramos cabeceia para o fundo da baliza.

O empate surgiu pouco depois. Sean Longstaff descobre Almirón no meio-campo encarnado. O paraguaio leva a bola pelo centro do terreno e faz o passe para direita para Trippier. O lateral devolve o favor e, no coração da área, Almirón faz o golo dos magpies.

Rafa está perto de desempatar na jogada seguinte. O ala português trabalhou pela esquerda, puxou para o pé direito e remata ao lado.

Roger Schmidt não mexeu ao intervalo, mas os ingleses trocaram todos os jogadores.

Aos 32 minutos, Grimaldo volta a colocar os encarnados na frente. De livre direto perto da linha da grande área, o lateral espanhol remate ao ângulo superior da baliza de Nick Pope.

Miguel Almirón desfez a festa benfiquista perto do intervalo. Trippier volta a descobrir o paraguaio na área do Benfica que remata em arco para o fundo da baliza de Vlachodimos.

Roger Schmidt manteve os mesmos onze para a segunda parte. Já o Newcastle mudou tudo: Darlow, Krafth, Schär, Burn, Bondswell, Shelvey, Joelinton, Joe Willock, Jacob Murphy, Matt Ritchie e Chris Wood foi a equipa que começou o segundo tempo.

Aos 60 minutos, o Benfica faz as primeiras alterações. Entram Yaremchuk, Weigl e Chiquinho para as saídas de Enzo Fernández, Gonçalo Ramos e David Neres.

Aos 70 minutos, os britânicos voltam a estar perto do golo. Passe longo para Jacob Murphy, mas Vlachodimos faz a mancha e impede o golo.

Roger Schmidt volta a mexer no Benfica e tira Rafa, João Mário e Gilberto para as entradas de Henrique Araújo, Diego Moreira e Bah. Nos ingleses, sai Shelvey lesionado e entra Matty Longstaff.

Já dentro dos últimos dez minutos da partida, Joelinton, que já tinha amarelo, fez uma entrada dura sobre Florentino e acabou expulso. A confusão instalou-se no relvado, com ambos os bancos a trocarem argumentos.

O Benfica aproveitou a superioridade numérica para voltar para a frente do marcador. Bah descobriu Yaremchuk pela direita e o ucraniano serve Henrique Araújo para o terceiro golo das águias.

Foi o último teste das águias antes da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, que marcará o arranque oficial da temporada para o clube.

Onze do Benfica: Vlachodimos, Gilberto, Otamendi, Morato, Grimaldo, Florentino, Enzo, João Mário, Neres, Rafa e Gonçalo Ramos

Onze do Newcastle: Pope, Trippier, Lascelles, Botman, Targett, Longstaff, Bruno Guimarães, Anderson, Almirón, Saint-Maximin e Wilson

Suplentes do Benfica: Helton, Samuel, Bah, António Silva, Vertonghen, Weigl, Meïte, Paulo Bernardo, Chiquinho, Gil Dias, Diogo Gonçalves, Moreira Jr., Musa, Henrique Araújo, Rodrigo Pinho e Yaremchuk

Suplentes do Newcastle: Darlow, Schär, Joelinton, Shelvey, Ritchie, Krafth, Wood, Murphy, Longstaff, Willock, Burn, Bondeswell e Turner-Cooke.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de