"Brilhantes dentro e fora do campo." Queiroz despede-se da seleção iraniana

Técnico português não conseguiu que a equipa fosse além da fase de grupos do Mundial.

O treinador português Carlos Queiroz anunciou esta quarta-feira o adeus à seleção do Irão, que foi eliminada do Mundial na última noite, após uma derrota frente aos Estados Unidos.

No Instagram, o técnico escreveu que "no futebol não há aquela coisa das vitórias morais, mas também não há nada de imoral quando não atingimos os nossos sonhos, desde que tenhas dado o teu melhor com total vontade e uma corajosa mentalidade vencedora".

A seleção iraniana foi derrotada por 1-0 e acabou por ficar no terceiro lugar do Grupo B do Mundial, um resultado que apesar de ter eliminado a equipa, deixou Queiroz "orgulhoso".

"Foram brilhantes dentro e fora do campo", acrescentou ainda o luso. A participação iraniana no Mundial ficou marcada por uma entrada em tom de protesto depois de, no primeiro jogo da fase de grupos, os jogadores não terem entoado o hino do país em solidariedade com as manifestações de que o país é palco há largas semanas.

"Acredito que merecem todo o respeito ao garantir a credibilidade do vosso país e dos vossos adeptos", não deixou também de sublinhar.

Foi desta forma que Carlos Queiroz fechou a segunda passagem pela equipa nacional do Irão, depois de uma primeira entre 2011 e 2019.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de