Golo solitário de Gonçalo Ramos foi suficiente para o Benfica vencer o Casa Pia. Veja o lance

Os encarnados somam a segunda vitória na I Liga.

O Benfica venceu o Casa Pia por 1-0, em Leiria. Num jogo com poucas oportunidades de golo, foi apenas Gonçalo Ramos quem conseguiu introduzir uma bola na baliza.

Já nos descontos, Nicolás Otamendi foi expulso por acumulação de amarelos.

Roger Schmidt lança um onze inicial com uma novidade: Diogo Gonçalves, que marcou um grande golo na Dinamarca, é titular no ataque benfiquista.

Além do minuto de silêncio em memória de Fernando Chalana, todos os jogadores do Benfica têm o nome do "Pequeno Genial" nas costas.

O primeiro remate sai do pé de Godwin, que rouba a bola à defesa encarnada, mas remata muito torto. Logo a seguir, o mesmo Godwin cruza rasteiro, Morato falha o corte e Rafael Martins não consegue fazer o desvio para a baliza.

O Benfica, aos 15 minutos, ainda não conseguiu ter uma oportunidade flagrante de golo, demonstrando a dificuldade que está a ter a chegar ao último terço.

Aos 24 minutos surge, finalmente, a primeira grande oportunidade para as águias. Confusão à entrada da área do Casa Pia, a bola sobra para Rafa que tira Ricardo Batista do lance e cruza para Gonçalo Ramos, mas o desvio sai curto e João Nunes corta a bola em cima da linha de golo.

Ao contrário do que sucedeu nos primeiros minutos, o Benfica pressiona mais alto no terreno e não deixa que os gansos consigam sair em contra-ataque. Contudo, o jogo continua sem golos e sem oportunidades para isso.

Em cima do intervalo, o Casa Pia consegue sair em contra-ataque e criar perigo. Taira lança Godwin em velocidade e o avançado remata para a defesa de Vlachodimos.

A partida chega ao tempo de descanso sem golos no marcador. Ao intervalo, Roger Schmidt faz a primeira alteração: sai Gilberto e entra Bah.

O lateral recém-entrado na partida teve duas arrancadas pela direita que empolgou as águias, mas a partida voltou rapidamente à toada da primeira parte.

O primeiro golo da partida surge, finalmente, aos 58 minutos. Rafa chega à linha de fundo pela direita e cruza rasteiro para Gonçalo Ramos que recebe a bola na pequena área e desvia para o fundo da baliza de Ricardo Batista.

Logo a seguir ao golo, Schmidt volta a mexer na equipa. Weigl e Yaremchuk substituem Florentino e Diogo Gonçalves. No Casa Pia, Filipe Martins tira Kunimoto e Neto para colocar Eteki e Diogo Pinto.

Depois do golo, os encarnados ficaram mais confortáveis no jogo, impedindo os gansos de criarem perigo em contra-ataque e conseguindo ter algumas oportunidades para fazer o segundo.

À entrada para os últimos dez minutos, o treinador do Benfica troca Gonçalo Ramos por Henrique Araújo. Antes, Cuca, Anderson e Cleyton tinham entrado para os lugares de Rafael Martins, Godwin e Afonso Taira no Casa Pia.

Já no período de descontos, o capitão do Benfica, Nicolás Otamendi, foi expulso por acumulação de amarelo. Contudo, mesmo com mais um jogador em campo, o Casa Pia não conseguiu criar perigo junto da baliza de Vlachodimos.

A partida terminou com 1-0 no marcador. Com este resultado, os encarnados somam seis pontos em dois jogos e ficam, provisoriamente, isolados na liderança da I Liga.

Onze do Casa Pia: Ricardo Batista; João Nunes, Vasco Fernandes, Zolotic; Lucas Soares, Taira, Ângelo Neto, Lelo; Godwin, Rafael Martins e Kunimoto

Onze do Benfica: Vlachodimos; Gilberto, Otamendi, Morato e Grimaldo; Enzo Fernández e Florentino; Diogo Gonçalves, Rafa e João Mário; Gonçalo Ramos

Suplentes do Casa Pia: Lucas Paes, Eduardo Ferreira. Derick Poloni, Diogo Pinto, Cuca, Isaac, Anderson, Yan Eteki e Clayton

Suplentes do Benfica: Helton Leite, Vertonghen, Bah, Yaremchuk, Chiquinho, Weigl, Musa, Henrique Araújo e Paulo Bernardo.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de