Mesmo estádio, outras equipas e filme idêntico. SC Braga sofre no final e perde com o Saint-Gilloise

Os belgas são agora líderes isolados do grupo D da Liga Europa. Veja os golos.

Depois da seleção nacional, o Estádio Municipal de Braga voltou a ser o palco de um golo tardio que desfez um empate de uma equipa portuguesa. O SC Braga perdeu por 2-1 com o Saint-Gilloise para a Liga Europa.

Os bracarenses adiantaram-se no marcador já na segunda parte, por Abel Ruiz, mas nos últimos minutos os belgas deram a volta com dois golos de Nilsson.

O início da partida é um pouco atribulado, com várias perdas da posse de bola de ambas as partes. O primeiro remata surge aos nove minutos, com Abel Ruiz, descaído para a esquerda, a tentar um remate em arco que sai à figura.

Na jogada seguinte, jogada confusa na área bracarense e Van der Heyden atira para o fundo da baliza, mas o lance é invalidado pela árbitra Stéphanie Frappart por mão do jogador belga.

Aos 24 minutos, boa jogada pela direita do ataque belga e Nieuwkoop, no coração da área, bate Matheus, mas o lance também foi anulado, por fora de jogo no início da jogada.

Depois de 36 minutos sem incomodar Moris, Uros Racic ganha a bola no meio-campo, tira um adversário do caminho e remata à entrada da área para uma defesa do guarda-redes luxemburguês.

Já em período de compensação, Ricardo Horta aparece isolado e remata para fora, mas estava em fora de jogo. A seguir, Boniface, de fora da área, remata à barra da baliza de Matheus. O intervalo chega, finalmente, com 0-0 no marcador.

O SC Braga entra melhor na segunda parte e marca. Vitinha ganha o flanco direito e, na linha, cruza atrasado, onde aparece Abel Ruiz, que nem uma locomotiva, para fazer o primeiro golo da partida.

Depois do golo, os belgas acordaram e tiveram duas oportunidades que, por milagre, não deram golo. Primeiro foi Tormena a tirar em cima da linha e depois foi Matheus a defender um remate À queima de Nieuwkoop.

Numa partida que parece construir-se por gavetas, foi a vez dos bracarenses quase ampliarem o resultado. Abel Ruiz, isolado, permitiu a defesa para canto de Moris. O luxemburguês voltou a ter trabalho na sequência da bola parada, ao defender um remate de longe de Ricardo Horta.

O SC Braga tentava controlar o jogo, mas não funcionou. Aos 86', passe por cima da defesa bracarense e o recém-entrado Nilsson remata para o empate dos belgas.

Apesar de parecerem contentes com o resultado, os belgas ficaram ainda mais. No último lance do jogo, depois de uma grande confusão na área, Nilsson quis mesmo ser o carrasco do SC Braga e fez o golo da reviravolta.

Com este resultado, os bracarenses ficam no segundo lugar do grupo D, com seis pontos. O Saint-Gilloise é agora o líder isolado com nove. No outro jogo do grupo, o Union Berlim conquistou os primeiros três pontos e o Malmö continua sem pontuar na Liga Europa.

Onze do Braga: Matheus, Fabiano, Paulo Oliveira, Tormena e Sequeira; André Horta, Racic, Castro e Ricardo Horta; Abel Ruiz e Vitinha

Onze do Saint-Gilloise: Moris, Nieuwkoop, Kandouss, Burgess e Van Der Heyden; Amana, Lynen e Lapoussin; Vanzeir, Boniface e Teuma

Suplentes do Braga: Tiago Sá, Hornicek, Victor Gómez, Niakaté, Rodrigo Gomes, Álvaro Djaló, Diego Lainez, Banza, Bruno Rodrigues, Gorby, Iuri Medeiros e Infande

Suplentes do Saint-Gilloise: Pirard, José Rodríguez, El Azzouzi, Adingra, François, Puertas, Sykes e Nilsson

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de