Semana negra culmina em festival do desperdício. FC Porto empata frente ao Estoril

Tiago Gouveia inaugurou o marcador e Taremi empatou na compensação.

Uma goleada em casa para a Liga dos Campeões e um ataque à família de Sérgio Conceição não chegaram, por isso o FC Porto terminou a semana com um empate contra o Estoril.

Num festival de oportunidades falhadas pelos dragões, o golo de Tiago Araújo esteve perto de decidir o jogo no Estádio António Coimbra da Mota, mas Taremi empatou de penálti na compensação.

Sem Otávio, que voltou ao boletim clínico dos dragões, o treinador dos dragões deixa Pepe e João Mário de fora da ficha de jogo. Em sentido oposto, Taremi e Fábio Cardoso regressam ao onze inicial azul e branco, enquanto Rodrigo Conceição e André Franco estreiam-se a titulares.

Nos primeiros dez minutos, o FC Porto assumiu o jogo em posse de bola e em pressão para não deixar o Estoril sair em contra-ataque.

Apesar disso, o primeiro lance de perigo aparece para o lado estorilista. Na sequência de um ataque rápido, Rodrigo Martins, ainda fora da área, remata em arco, mas sai ao lado da baliza portista.

O Estoril volta a ficar muito perto do golo aos 29 minutos. Perda de bola na defesa do FC Porto, Erison remata para defesa de Diogo Costa e, na recarga, Tiago Gouveia atira ao poste. Na jogada seguinte, o jovem português tira dois defesas portistas do caminho e remata para nova defesa do guarda-redes internacional português.

Aos 34 minutos surge finalmente uma oportunidade para o FC Porto que até foi golo, mas acabou anulado. Rodrigo Conceição descobre Uribe nas costas da defesa do Estoril que tenta servir ao meio e Pedro Álvaro introduz a bola na baliza, mas o colombiano estava em posição irregular.

Na jogada seguinte, o mesmo filme. Zaidu surge isolado e marca, mas também estava fora de jogo e o lance foi invalidado.

Aos 41 minutos aparece mesmo o golo, mas na outra baliza. Bola longa para Tiago Gouveia que faz uma grande receção e atira, quase sem ângulo, para o fundo da baliza de Diogo Costa.

Os dragões chegam ao intervalo em desvantagem perante o Estoril.

Sem alterações em nenhuma das equipas, o FC Porto entra na segunda parte com tudo. Depois de dois lances em que falhou o último passe, Taremi ganha uma bola à entrada da área e atira À trave da baliza de Dani Figueira.

No entanto, pouco depois o Estoril fica muito perto do golo. Ataque rápido de Rodrigo Martins pela esquerda, cruza rasteiro e Francisco Geraldes remata para uma grande defesa de Diogo Costa.

Aos 59 minutos, primeira alteração no FC Porto. Entra Galeno para a saída de André Franco.

O extremo brasileiro entrou para desequilibrar. Aos 65 minutos, Galeno cruza e, no coração da área, Evanilson cabeceia a rasar o poste.

Tempo para Nélson Veríssimo fazer a primeira troca, com a saída de Erison e a entrada e Marqués.

Aos 72 minutos, Sérgio Conceição faz mais duas alterações. Saem Rodrigo Conceição e Evanilson para as entradas de Toni Martínez e Veron. Veríssimo responde de imediato com Lea Siliki e Tiago Araújo a irem para os lugares de João Carvalho e Rodrigo Martins.

Aos 77 minutos, Mor Ndiaye faz uma entrada dura sobre Veron e o árbitro mostra o segundo amarelo ao médio. No livre, Eustáquio cruz para a cabeça de Veron que atira ao poste.

Conceição esgota as substituições: saem Zaidu e Eustáquio e entram Grujic e Namaso.

Em tempo de compensação, há penálti para o FC Porto. Num lance confuso dentro da área, Luís Godinho começou por marcar fora de jogo, mas depois de cinco minutos no VAR, acabou por marcar penálti. Oito minutos depois do lance inicial, Taremi empata a partida.

O FC Porto volta a perder pontos no campeonato e fica à espera que os rivais não façam melhor nesta ronda da I Liga.

Onze do Estoril: Dani Figueira; Vital, Pedro Álvaro, Tiago Gouveia e Joãozinho; Francisco Geraldes, João Carvalho, Ndiaye e Tiago Santos; Erison e Rodrigo Martins

Onze do FC Porto: Diogo Costa, Rodrigo Conceição, Fábio Cardoso, David Carmo, Zaidu; Uribe, Eustáquio, André Franco, Pepê; Taremi e Evanislon

Suplentes do Estoril: Pedro Silva, Lucas Áfrico, Serginho, Marqués, Benchimol, Tiago Araújo, Gonçalo Esteves, Dele e Lea Siliki.

Suplentes do FC Porto: Cláudio Ramos, Marcano, Wendell, Grujic, Bruno Costa, Galeno, Veron, Namaso e Toni Martínez.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de