FC Porto coroa título de campeão com recorde de pontos na liga

A festa começou cedo no Dragão, confirmou-se com dois golos portistas que só chegaram na segunda parte e estabeleceu uma nova marca: são 91 pontos em 34 jornadas da Primeira Liga.

O FC Porto fechou, este sábado, o campeonato 2021/2022 com uma vitória que valeu o recorde absoluto de pontos obtidos na Primeira Liga: são 91, depois de uma vitória por 2-0 sobre o Estoril. Um autogolo de Joãozinho e um golo de Fernando Andrade chegaram.

A festa fez-se de bancadas cheias no Dragão. Apesar de uma primeira parte sem golos, não faltaram as cores - azul e branco, claro - que marcam o 30.º título dos dragões, nem um ligeiro - embora infrutífero - controlo do jogo pelo FC Porto, que somava mais posse de bola e mais remates.

Mas a questão dos golos resolver-se-ia rapidamente logo no arranque da segunda parte. Os dragões rendilharam um ataque pelo corredor central e fizeram a bola chegar a Zaidu que, no corredor esquerdo, cruzou rasteiro para o interior da grande área. Joãozinho, pressionado por Evanílson, acabou por atirar à própria baliza.

Depois dos golos, quem também entrou no jogo foi a trave: primeiro para negar um golo a Evanílson, depois para dizer que não a Taremi. O FC Porto parecia ter encontrado, em definitivo, o caminho para a baliza de Thiago Silva.

Mas os golos de pouco valiam nesta tarde. As palmas das bancadas saíam naturalmente e as mais fortes do jogo tinham um alvo definido: Pepe. O defesa-central, substituído aos 85 minutos por Rúben Semedo, recebeu uma ovação como poucos conseguem arrancar.

Mas, com Rúben Semedo, também Fernando Andrade tinha entrado em campo, e mesmo a tempo de participar na festa. Foi aos 87' que, descaído sobre a esquerda, atirou cruzado e rasteiro para o 2-0. Soltava-se, sem dúvidas, a festa.

E Francisco Meixedo fez também parte dela: o jovem guarda-redes entrou para o lugar de Cláudio Ramos e é, também, campeão nacional 2021/2022.

Onze do FC Porto: Cláudio Ramos, João Mário, Mbemba, Pepe, Zaidu, Grujic, Vitinha, Otávio, Pepê, Taremi e Evanílson

Onze do Estoril: Thiago Silva, Raul Silva, Ferraresi, David, Joãozinho, Rosier, Gamboa, Mboula, André Franco, Arthur e Rui Fonte

Suplentes do FC Porto: Meixedo, Francisco Conceição, Galeno, Wendell, Toni Martínez, Rúben Semedo, Fernando Andrade, Eustáquio e Fábio Vieira

Suplentes do Estoril: Dani Figueira, Soria, Volnei, Geraldes, Clóvis, Coly, Ruiz, Bruno Lourenço e Lucho.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de