Marcelo aplaude Bruno Fernandes e substituições de Fernando Santos frente ao Uruguai

Chefe de Estado elogiou também a exibição de Diogo Costa e realçou o jogo como uma "grande alegria".

O Presidente da República congratulou-se esta segunda-feira com a vitória de Portugal frente ao Uruguai no Mundial de Futebol, elegeu Bruno Fernandes como o melhor em campo e disse esperar que a equipa das quinas defronte o Brasil na final.

Em declarações aos jornalistas em Braga, onde assistiu ao jogo conjuntamente com centenas de jovens, Marcelo destacou ainda o guarda-redes Diogo Costa, os defesas Pepe e João Cancelo e o "esforço brutal" do capitão Cristiano Ronaldo.

"Eu acho que talvez o Bruno Fernandes mereça [a eleição como melhor em campo]. Meteu um golo, meteu uma bola no poste e foi muito constante do princípio ao fim do jogo. O Diogo Costa defendeu muitíssimo bem, mas Bruno Fernandes foi do princípio ao fim", referiu.

Marcelo disse que "tinha a intuição" de que Portugal ia ganhar e sublinhou que acertou no resultado, no prognóstico que tinha feito hoje à tarde.

Portugal venceu hoje o Uruguai por 2-0 e apurou-se para a fase seguinte do Campeonato do Mundo de Futebol, que se disputa no Qatar.

Na análise ao jogo, "mister Marcelo" considerou que Portugal fez uma primeira parte "boa", embora "menos boa" na parte final.

"A segunda foi muito boa, correu tudo certo, é o resultado justo", referiu, frisando que há muito tempo que Portugal não terminava assim um jogo, sem sofrimento nos minutos finais.

Individualizando, e além da eleição de Bruno Fernandes como o melhor em campo, disse que Diogo Costa defendeu "muitíssimo bem", que Ronaldo "fez um esforço brutal", que João Cancelo esteve muito melhor e que o Pepe "deu muita segurança".

"Não sou especialista nisto, mas jogaram todos muito bem", acrescentou.

Segundo Marcelo, também o selecionador nacional, Fernando Santos, esteve bem ao refrescar a equipa e "meter três jovens com pernas".

"Naquele momento, desorientou definitivamente o Uruguai", rematou, para quem a vitória de hoje significou "uma grande alegria para Portugal".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de