Médio português do Feyenoord avisa Benfica sobre PSV

João Carlos Teixeira reconhece que a forma de jogar da equipa de Eindhoven pode dar oportunidades às águias.

O PSV Eindhoven já está em Lisboa, onde joga na quarta-feira frente ao Benfica no play off de acesso à Liga dos Campeões. João Carlos Teixeira, médio português que joga ao serviço do Feyenoord, um dos rivais do PSV, avisa a equipa das águias de que o clube de Eindhoven vem à Luz para tentar dominar o jogo e tomar conta da eliminatória já na primeira mão.

"É uma equipa que gosta de ter bola, que joga muito bem quando a tem e o forte deles é mesmo esse porque não gostam de correr atrás da bola. Gostam de praticar um bom futebol", alertou João Carlos Teixeira em declarações à TSF.

No entanto, reconhece que esta forma de jogar pode dar oportunidades ao Benfica.

"Como eles jogam com a linha defensiva muito à frente deixam muito espaço na zona defensiva e os contra-ataques de jogadores como o Rafa, o novo avançado ucraniano, Pizzi e João Mário podem explorar esse espaço na defesa do PSV. Quando tiver a bola, obviamente que o Benfica vai querer impôr o seu jogo", explicou o jogador português do Feyenoord.

João Carlos Teixeira considera que o PSV é uma equipa com enorme qualidade a nível coletivo e individual.

"Têm jogadores com muita capacidade com bola e é uma equipa muito intensa. O treinador é alemão, não é holandês, e mete muita intensidade no jogo. Tem jogadores que conseguem resolver facilmente, principalmente em espaços curtos", acrescenta o futebolista.

O Benfica tem novo treino no Seixal, terça-feira de manhã. Às 14h, Jorge Jesus antecipa este jogo com o PSV que vai ter Felix Brych como árbitro. O alemão de 46 anos é o mesmo juiz que esteve no jogo desde mesma fase, no ano passado, quando os encarnados foram eliminados em Salonica pelos gregos do PAOK.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de