PGR abre inquérito às agressões a jornalista em Moreira de Cónegos

Repórter de imagem da TVI foi agredido pelo empresário Pedro Pinho.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu, esta terça-feira, um inquérito ao episódio de agressões a um jornalista da TVI no final do jogo entre Moreirense e FC Porto. A informação avançada pela SIC foi confirmada à TSF pela própria PGR.

O repórter de imagem da TVI Francisco Ferreira foi agredido, esta segunda-feira, nas imediações do Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, depois do final do jogo Moreirense-FC Porto, que terminou empatado um golo.

Pedro Pinho, agente de futebol, que esteve ligado a vários negócios com os dragões nos últimos anos, foi identificado pela GNR. O material de reportagem também ficou danificado.

As agressões aconteceram no exterior do estádio, na zona do parque de estacionamento, quando o repórter de imagem filmava Pinto da Costa numa altura em que o presidente do FC Porto conversava com alguns jornalistas. O líder portista acabou por assistir ao episódio no local.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de