"Queremos vencer o FC Porto e voltar ao Jamor"

Paulo Lopo, presidente da SAD do Leixões, afirma à TSF que em Matosinhos há um sonho comum a todos: voltar ao Jamor.

Paulo Lopo quer voltar a ver o Leixões no Jamor. Em entrevista à TSF, o presidente da SAD leixonense revela a ambição do emblema de Matosinhos em estar presente na final da Taça de Portugal desta temporada."Desde o princípio que temos uma esperança de ir ao Jamor. Não tivemos um sorteio fácil mas também os campeões fazem-se de coisas difíceis e temos essa ambição. Queremos vencer o FC

Porto e estar à porta do Estádio Nacional a fazer uma sardinhada no dia da final da Taça de Porto. Para relembrar os dias que lá estivemos", confessou o dirigente leixonense.

Paulo Lopo garante que "os jogadores estão motivados" para eliminar os dragões, até porque "a oportunidade de jogar contra o FC Porto não acontece todos os dias." O presidente do clube de Matosinhos admite que os azuis e brancos são favoritos e que vão criar mais oportunidades, por isso pede para que "os jogadores se entreguem de corpo e alma".

O dirigente leixonense sugeriu ainda que o FC Porto cedesse a sua parte da receita do jogo ao emblema do Estádio do Mar, no sentido de ajudar o Leixões "a ultrapassar uma crise que resultou das decisões da direções anteriores." Paulo Lopo acredita que "ficaria bem ao FC Porto ceder a receita do jogo", pois seria um "bom ato de solidariedade" por parte dos dragões. Para sustentar essa ideia o dirigente recorda as boas ligações no passado entre os dois clubes: "Há cerca de 100 anos atrás criámos juntos a AF Porto. Portanto há uma relação histórica e emocional entre o Leixões e o FC Porto."

O jogo entre Leixões e FC Porto dos quartos-de-final da Taça de Portugal está agendado para as 19h30 desta terça-feira e tem relato na TSF.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de