Sérgio Conceição quer triunfo frente a um Vitória "historicamente difícil"

"O Vitória pode não estar tão bem no campeonato como em outros anos, mas, sempre que há este jogo, vem cá para cima o fervor e a paixão dos adeptos", admitiu o treinador do FC Porto.

O treinador do FC Porto admitiu este sábado esperar complicações frente ao Vitória SC, um adversário "historicamente difícil", mas afirmou que o pensamento está apenas nos três pontos no jogo da 29.ª jornada da I Liga de futebol.

Sérgio Conceição desvalorizou o trajeto menos positivo que os vimaranenses têm feito no campeonato e realçou o clima intenso que encontram sempre no seu estádio.

"Vai ser um jogo competitivo, independentemente dos treinadores que estiverem à frente e dos jogadores que estiverem em campo, porque historicamente é sempre um jogo difícil. O Vitória pode não estar tão bem no campeonato como em outros anos, mas, sempre que há este jogo, vem cá para cima o fervor e a paixão dos adeptos. Estamos sempre habituados a um jogo competitivo e difícil", começou por dizer, em conferência de imprensa de antevisão da partida.

O técnico da equipa 'azul e branca' salientou o trabalho dos jogadores e do treinador do Vitória de Guimarães, mas sublinhou que o único pensamento é "vencer em Guimarães".

"Vamos apanhar um Vitória num bom momento, com jogadores interessantes, com um treinador que também tem feito um percurso interessante. Por isso, resta-nos saber dessas mais-valias do adversário e perceber que também temos qualidade e valia para ir a Guimarães ganhar o jogo, que é aquilo que queremos", concluiu.

Sérgio Conceição abordou a ausência de Uribe, devido a lesão, adiantando que o objetivo é tentar arranjar soluções que passem por minimizar essa ausência.

"Temos que perceber quais são os jogadores que estão mais preparados. Tem de haver uma harmonia entre os jogadores do meio-campo e temos que arranjar soluções para a ausência do Uribe. Tentar que não se note a ausência dele. Ou que seja minimizada. É esse o trabalho da equipa técnica. Tenho confiança total em todos os jogadores que vão jogar. E vão dar uma resposta muito positiva", disse, não querendo 'levantar muito o véu' se Grujic seria o possível subtituto.

No último encontro do campeonato, com a vitória frente ao Santa Clara (3-0), o FC Porto igualou o recorde de 56 jogos sem perder na I Liga, que pertencia ao Benfica da década de 70. Agora, os 'dragões' podem alcançar um novo recorde no campeonato português, no entanto, Sérgio Conceição desvaloriza a situação e foca-se apenas no objetivo final.

"Não penso minimamente nisso. Penso nos três pontos. Os adeptos não vão para os Aliados festejar um recorde do Sérgio Conceição, eles querem lá saber. Querem é ganhar o campeonato, e é assim que penso também. Tenho de ser coerente e não estou com falsa modéstia, o que vale é o próximo jogo, é mais uma final e, à medida que se aproxima o final do campeonato, os jogos ganham o seu peso, uma dimensão ainda maior, pois há menos tempo para recuperar pontos. Esse é o nosso foco. Com recorde, mas sem títulos para o clube, esse recorde fica nulo", finalizou.

O FC Porto, líder do campeonato, com 76 pontos, defronta às 18:00 de domingo, no D. Afonso Henriques, o Vitória de Guimarães, sexto classificado, com 39, numa partida da 29.ª jornada da I Liga de futebol, que será arbitrada por João Pinheiro, da Associação de Braga.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de