Concurso Tomate Coração de Boi está de regresso em 5.ª edição

O mais popular concurso de tomate coração de boi de Portugal está de regresso até final de agosto para animar o Douro e marcar saborosa presença à mesa. Vários restaurantes de referência da região apresentam nas ementas saladas e pratos inspirados no tomate.

O tomate coração de boi, produto autóctone de grande qualidade, tem neste concurso um vetor de merecida projeção. A exposição solar e as grandes amplitudes térmicas das regiões durienses e transmontana contribuem para a excelência do fruto, suculento, com poucas sementes e textura carnuda,

A par do concurso, realiza-se a festa do Tomate Coração de Boi do Douro, cuja 7.ª edição tem Edgardo Pacheco como curador.

«Todas as regiões produzem bom tomate, mas nenhum chega aos calcanhares do coração de boi do Douro. Por quatro razões: primeira, a conservação das sementes dos melhores frutos, que é uma prática com décadas na região; segunda, o solo xistoso é o "terroir´ perfeito para a vida equilibrada da planta; terceira, as temperaturas altas injetam doçura nos frutos; e quarta, as amplitudes térmicas são responsáveis pela textura firme dos frutos», justifica o curador.

O momento alto da festa acontece quando o tomate do Douro vai a concurso para ser eleito o melhor dos melhores.

Este ano, a festa será no dia 26 de agosto, na Quinta de Nápoles, do produtor dos vinhos Niepoort.

Em paralelo ao concurso e durante todo o mês de agosto, vários restaurantes da região do Douro aderem à iniciativa, incluindo nas suas ementas saladas ou pratos inspirados no tomate.

«Em apenas seis anos, transformámos a época de produção do tomate coração de boi numa festa no Douro, atraindo à região um número cada vez maior de pessoas», sublinha Celeste Pereira, líder da Greengrape | alltodouro e uma das mentoras do projeto.

A exemplo das anteriores edições, o concurso conta com a participação dos principais produtores de vinho das quintas do Douro e mantém um espírito festivo: após o apuramento do vencedor, haverá um jantar volante, com caráter informal.

As inscrições no jantar têm o custo de 50€, são limitadas e requerem reserva e pagamento prévios via e-mail (greengrape@greengrape.pt).

Os participantes são convidados a levar uma garrafa de vinho para partilhar

Festa na aldeia

Em parceria com o Projeto Capella, a prova de tomate regressa, no dia 27 de agosto, a partir das 17.30 horas, na capela barroca da aldeia de Arroios (Vila Real), onde também vai ser possível comprar tomate coração de boi e outros produtos locais.

Aberta a todos, sem júri, nem pontuações, a prova irá explorar a combinação do tomate com diferentes perfis de azeite e será coordenada pelo presidente do júri do concurso, Francisco Pavão.

Em modo de tempero, participa ainda nesta degustação Jorge Raiado, da Salmarim, empresa algarvia de sal marinho, e um chefe de cozinha.

Terminada a prova, as portas da capela abrem para o largo da aldeia e para a XII edição do Mercadinho da Capella, um misto de festa, com animação e petiscos, porco no espeto e venda de produtos das hortas locais, com destaque para o tomate coração de boi do Douro.

A participação nesta prova é gratuita, mas aconselha-se reserva para greengrape@greengrape.pt.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de