Reunião em Kiev. Abramovich e negociadores ucranianos com sintomas de envenenamento

A informação é avançada pelo Wall Street Journal, que cita uma fonte não identificada.

O oligarca russo Roman Abramovich e alguns negociadores de paz ucranianos sofreram sintomas do que se suspeita ter sido um envenenamento, após uma reunião em Kiev, no início deste mês. A informação é avançada pelo Wall Street Journal, que cita fontes não identificadas sobre o assunto.

O jornal norte-americano explica que, no regresso a Moscovo, Abramovich, que tem nacionalidade portuguesa, desenvolveu sintomas como vermelhidão ocular, lágrimas constantes e dolorosas e pele descamada no rosto e nas mãos.

De acordo com as mesmas fontes, os três negociadores ucranianos experienciaram os mesmos sintomas.

Nesse encontro, realizado nas primeiras semanas do conflito, participou também o presidente Volodymyir Zelensky, que esteve pessoalmente com Abramovich, mas não teve qualquer sintoma.

O antigo dono do Chelsea "ficou sem visão durante algumas horas e recebeu tratamento hospitalar na Turquia", segundo explica um jornalista do The Guardian, que cita as mesmas fontes do Wall Street Journal.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de