Associação de moradores em Cascais vai enviar donativos para a Ucrânia

"Comida seca e de longa duração", "equipamento médico" e "agasalhos" são os principais donativos que chegam à associação.

A associação de moradores da Quinta da Carreira, em São João do Estoril, no concelho de Cascais, vai enviar donativos para a Ucrânia, na sequência da invasão russa ao país. A associação tem quase 90 sócios ucranianos, que representam uma comunidade com mais de 300 pessoas em Cascais.

O presidente da associação, Carlos Guimarães, adianta que "comida seca e de longa duração", "equipamento médico" e "agasalhos" são os principais donativos que chegaram durante o fim de semana.

Carlos Guimarães vai reunir-se esta segunda-feira com o presidente da Câmara Municipal de Cascais, Carlos Carreiras, para criar uma plataforma que coordene a ajuda enviada pelos portugueses para a Ucrânia.

A ajuda também passa por preparar a chegada dos refugiados a Cascais, onde vivem muitas famílias ucranianas.

"A comunidade ucraniana em Cascais é muito significativa (...) temos de dar especial atenção aos maiores de 60 anos, homens e mulheres, às mulheres, aos jovens em idade escolar e às crianças com menos de seis anos (...) vamos ter de responder às necessidades destes quatro universos", referiu o presidente da associação de moradores da Quinta da Carreira.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de