Ataques aéreos em Lutsk e Dnipro atingem habitações e causam um morto

Três ataques aéreos atingiram áreas residenciais em Dnipro, matando uma pessoa. Várias explosões foram ouvidas na cidade de Lutsk, no noroeste da Ucrânia, muito perto da fronteira com a Polónia.

Ataques aéreos das forças russas atingiram esta sexta-feira as cidades ucranianas de Lutsk e Dnipro, incluindo zonas residenciais, tendo sido registado pelo menos um morto, disseram as autoridades.

Três ataques aéreos atingiram áreas residenciais em Dnipro, matando uma pessoa, de acordo com o Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia.

Várias explosões foram ouvidas esta manhã na cidade de Lutsk, no noroeste da Ucrânia, muito perto da fronteira com a Polónia, indicou o presidente da câmara, Igor Polischuk, que apelou aos residentes para se dirigirem para os abrigos.

"Explosões perto do aeródromo, todos para o abrigo", disse o presidente da câmara na rede social Facebook, pedindo aos residentes que não publicassem fotos, moradas ou coordenadas.

Este é o primeiro ataque russo a esta cidade na região de Volonia, perto da fronteira com a Polónia, e também perto de Lviv.

De acordo com a emissora ucraniana ICTV, o alvo do ataque pode ter sido o aeroporto e uma fábrica próxima.

A ICTV também noticiou que em Dnipro as bombas caíram perto de um jardim de infância, de um prédio e de uma fábrica de calçado.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 516 mortos e mais de 900 feridos entre a população civil e provocou a fuga de mais de dois milhões de pessoas para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de