Biden anuncia morte do líder do Estado Islâmico em operação antiterrorismo

As tropas norte-americanas realizaram "com sucesso" uma operação antiterrorismo no noroeste da Síria.

O Presidente norte-americano anunciou, esta quinta-feira, a morte do líder do Estado Islâmico, Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, numa operação antiterrorismo realizada pelas tropas norte-americanas.

"Ontem à noite, sob minha direção, as forças militares norte-americanas no noroeste da Síria realizaram com sucesso uma operação antiterrorismo para proteger o povo americano e os nossos aliados, e fazer do mundo um lugar mais seguro", disse Biden num comunicado partilhado na rede social Twitter.

"Graças à bravura das nossas Forças Armadas, retirámos do campo de batalha Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi, líder do ISIS. Todos os americanos regressaram em segurança da operação", acrescentou Biden.

A operação antiterrorista lançada pelas tropas norte-americanas numa região do noroeste da Síria para capturar líderes jihadistas procurados provocou pelo menos 13 mortos, entre os quais mulheres e crianças, segundo uma organização não-governamental.

A Agência France Presse (AFP), citando o Pentágono, diz que não houve baixas entre as forças dos EUA e que esta operação, contra um prédio em Atme, na província de Idleb, "foi um sucesso".

Esta é a maior operação das forças dos EUA na Síria desde a morte, em outubro de 2019, de Abu Bakr al-Baghdadi, líder do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), morto num ataque na região de Idleb, que escapa ao controlo do poder na Síria, indicou o diretor do Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahmane.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de