Correios britânicos investigam carteiros que comeram encomenda de brownies de cannabis

Os brownies de cannabis tiveram origem, aparentemente, de uma encomenda que esteve um mês sem ser recolhida.

Os correios britânicos abriram uma investigação, na sequência de um vídeo divulgado nas redes sociais, onde funcionários de Londres aparecem em 'más condições' depois de comerem brownies de cannabis que pertenciam a uma encomenda não reclamada.

"Hoje todos os funcionários dos correios em Clapham (sSul de Londres) comeram acidentalmente brownies de cannabis e eu tive segurá-los um a um, porque estavam 'mocados'", referia o texto do vídeo entretanto apagado.

As imagens mostravam um carteiro a empurrar o seu carrinho, com dificuldade, e um colega a dizer-lhe "tu estás mesmo 'mocado'" após este comer brownies de uma encomenda carimbada como "Edibles (comestíveis) by Pablo Chocobar".

O mesmo carteiro aparece, depois, sentado no chão, com um colega a dizer "comeste dois [pedaços]" e o próprio e corrigir "comi quatro".

Os correios britânicos revelaram na quinta-feira que estão a levar o assunto "muito a sério" e realçaram que esperam um melhor comportamento de todos os funcionários "em todos os momentos".

"Iniciamos uma investigação que determinará se alguma medida, incluindo medidas disciplinares, deve ser tomada", acrescentou um porta-voz dos correios à agência AFP.

Os brownies de cannabis tiveram origem, aparentemente, de uma encomenda que esteve um mês sem ser recolhida.

Os correios britânicos acrescentaram ainda que estão a "lembrar a todos os funcionários dos serviços de entrega quais os procedimentos corretos para encomendas sem endereço de entrega ou devolvidas".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de