Uma bofetada, um Óscar para Will Smith e a surpresa de CODA. As imagens da 94.ª edição dos Óscares

CODA venceu o Óscar de Melhor Filme e Dune conquistou seis dos dez prémios para os quais foi nomeado. A edição deste ano ficou marcada pela agressão de Will Smith a Chris Rock.

CODA venceu o Óscar de Melhor Filme e Dune conquistou seis dos dez prémios para os quais foi nomeado. A edição deste ano ficou marcada pela agressão de Will Smith a Chris Rock.

Na 94.ª cerimónia dos Óscares, que decorreu na madrugada desta segunda-feira, em Los Angeles, Califórnia, a surpresa da noite foi para a vitória de CODA que arrecadou o Óscar de Melhor Filme. O filme dirigido por Sian Heder e distribuída pela Apple TV+ bateu a concorrência de O Poder do Cão, da Netflix, que era apontado como favorito.

Outro dos principais vencedores da noite foi Dune. O filme realizado por Denis Villeneuve conquistou seis prémios dos dez para os quais foi nomeado: Melhor Cinematografia, Melhores Efeitos Especiais, Melhor Som, Melhor Banda Sonora Original, Melhor Montagem e Melhor Direção de Arte.

Jane Campion levou para casa a estatueta de Melhor Realizadora, Will Smith conquistou o Óscar de Melhor Actor e Jessica Chastain o de Melhor Actriz.

A edição deste ano ficou marcada por um momento insólito protagonizado por Will Smith e Chris Rock. O humorista subiu ao palco e fez uma piada sobre o cabelo rapado de Jada Pinkett Smith, mulher de Will Smith. O ator saiu em defesa de Jada e acabou por agredir Chris Rock.

Durante a cerimónia, foi cumprindo um minuto de silêncio de apoio ao povo da Ucrânia, com apelo à ajuda humanitária.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de