Máscara obrigatória nos transportes de Londres, apesar do levantamento de restrições

A autarquia de Londres decidiu manter a obrigatoriedade de usar máscara para quem viaja nos transportes públicos, apesar de o Governo ter decretado o fim das medidas restritivas a partir de 19 de julho.

Usar máscara nos transportes públicos vai continuar a ser obrigatório em Londres, apesar de o Reino Unido avançar com o levantamento das restrições impostas devido à pandemia de Covid-19 na próxima segunda-feira. O anúncio foi feito, esta manhã, pelo presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan.

Apesar de o Governo de Boris Johnson ter decidido acabar com as medidas restritivas de proteção contra a Covid-19, a autarquia da capital não está disposta a permitir que os cidadãos circulem nos transportes públicos sem proteção.

"Enquanto o vírus estiver connosco e estivermos preocupados com a sua transmissão, [o uso de máscara] será obrigatório", declarou Sadiq Khan.

"Sabemos, pelos próprios conselheiros do Governo e pela Organização Mundial da Saúde, que usar uma máscara a cobrir a cara em espaços fechados reduz a transmissão do vírus. Leva a uma maior segurança e a uma maior confiança da população", justificou.

"A minha máscara protege-te, a tua máscara protege-me a mim", recordou o autarca de Londres, na sua página oficial de Twitter.

Assim, quem não usar máscara será impedido de viajar nos transportes públicos da capital britânica. Quem estiver a bordo sem o instrumento de proteção será convidado a sair, salvo exceções de cidadãos isentos por motivos especiais.

O uso de máscaras de proteção nos transportes públicos tornou-se obrigatório no país no último ano, devido à disseminação do coronavírus.

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de