"Vou ter saudades de Portugal." Embaixadora ucraniana explica saída do cargo

Inna Ohnivets vai continuar a trabalhar no Ministério ucraniano dos Negócios Estrangeiros.

A embaixadora da Ucrânia em Lisboa, Inna Ohnivets, soube que ia deixar o cargo "há duas semanas". Em declarações à TSF, a diplomata revelou que foi o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, que lhe deu essa informação. O chefe da diplomacia ucraniana agradeceu-lhe o trabalho desenvolvido em Portugal e ofereceu-lhe outros cargos no Ministério ucraniano dos Negócios Estrangeiros.

"Trabalho aqui durante muitos anos e posso dizer que há duas semanas atrás o nosso ministro dos Negócios Estrangeiros também ligou para mim e avisou sobre este plano de me demitir. Ele agradeceu o meu trabalho aqui em Portugal e também informou que vou continuar o meu trabalho no Ministério dos Negócios Estrangeiros, na Ucrânia", disse.

Inna Ohnivets diz que ainda não tem informação sobre os cargos que lhe serão propostos depois de deixar a embaixada em Lisboa, onde trabalha desde 2015.

"Gosto muito de Portugal e adoro a Língua Portuguesa. Tenho os contactos dos representantes da sociedade portuguesa, portanto, decerto, vou ter saudades", acrescentou.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, destituiu Inna Ohnivets das funções de embaixadora da Ucrânia em Portugal, comunicou o chefe de Estado no seu site oficial.

Numa nota, assinada na sexta-feira, o Presidente ucraniano dá conta da "destituição" de Inna Ohnivets do cargo de embaixadora extraordinária e plenipotenciária da Ucrânia junto da República Portuguesa.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de