Xangai pondera suavizar confinamento em função dos resultados de nova testagem

Com base nos resultados da nova testagem, a cidade pondera classificar os edifícios residenciais em três tipos: "confinados", "sob controlo" e "em precaução", com medidas diferentes para cada um.

A recuperação dos casos de Covid-19 poderá levar a uma suavização do confinamento na parte leste de metrópole de Xangai, mas antes de tomarem esta decisão as autoridades vão avançar com testagem massiva de todos os habitantes.

Numa entrevista coletiva a meios de comunicação locais, a vice-presidente do governo municipal de Xangai, Zong Ming, precisou que a cidade vai realizar uma nova ronda de testes PCR aos habitantes e, com base nos resultados, classificar os edifícios residenciais em três tipos: "confinados", "sob controlo" e "em precaução", com medidas diferentes para cada um.

"Vamos implementar medidas que vão variar de acordo com a área, com base nos resultados dos testes", referiu Zong Ming.

De acordo com a contagem oficial divulgada hoje, a cidade registou um total de 23.624 infeções na sexta-feira, entre casos confirmados e assintomáticos.

As autoridades da cidade chinesa de Cantão, no sul do país, anunciaram hoje que vão também realizar testes a residentes de vários distritos da cidade, depois de terem confirmado o registo de dois novos casos na sexta-feira.

"Detetámos transmissão comunitária do coronavírus em algumas áreas e é possível que se tenha espalhado. A situação é mais grave do que há alguns meses, quando a cidade teve de lidar com um surto da variante delta", disseram as autoridades locais em comunicado citado pela Efe.

A Comissão Nacional de Saúde da China confirmou hoje a deteção de 1.350 novos casos positivos de Covid-19 - 1.334 devido a contágio local -, além de 23.815 casos assintomáticos, com a maioria a ser registada em Xangai.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de