Zelensky garante que pelo menos 35 mil civis foram retirados de cidades sitiadas

O Presidente ucraniano espera que a saída de civis pelos corredores humanitários continue esta quinta-feira.

Pelo menos 35 mil civis foram retirados de cidades ucranianas na quarta-feira, disse o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

O chefe de Estado adiantou, numa mensagem de vídeo na quarta-feira à noite, que os residentes das cidades de Sumy, Enerhodar e áreas próximas de Kiev tinham sido retirados através de três corredores humanitários.

Zelensky espera que as evacuações prosseguissem esta quinta-feira, com a abertura de mais três corredores humanitários a partir das cidades de Mariupol, sitiada há nove dias, Volnovakha e Izum.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 516 mortos e mais de 900 feridos entre a população civil e provocou a fuga de mais de 2,1 milhões de pessoas para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de