Presidente da Ryanair acusa ministro Pedro Nuno Santos de ser o Pinóquio

Um mês depois de uma reunião com o ministro das Infraestruturas, o presidente da Ryanair convocou os jornalistas para mostrar uma fotomontagem de Pedro Nuno Santos com nariz de Pinóquio.

Em dia de jogo de Portugal no Euro2020, o presidente da Ryanair vestiu a camisola da seleção portuguesa e na sua apresentação perante os jornalistas Michael O´Leary mostrou uma imagem do ministro Pedro Nuno Santos com nariz de Pinóquio para dizer que o ministro mente quando diz que o dinheiro que entra na TAP é um empréstimo.

"Os três mil milhões não são um investimento, é dinheiro que vai abaixo pela sanita da TAP e nunca voltará a ser visto porque é um subsídio de Estado", sublinha.

Michael O'Leary nega estar a fazer guerra à TAP. "Não é guerra é concorrência e esta competição é boa para o consumidor".

A Ryanair argumenta que paga 138 milhões de euros em impostos e taxas em Portugal e que opera 122 rotas contra 70 da TAP.

A Ryanair nega ainda estar a fazer dumping social com os trabalhadores mas admite que na TAP "são os sindicatos que mandam na empresa e por isso a companhia vai continuar a perder dinheiro e a ser mal gerida" mesmo com uma nova administração.

Michael O'Leary assume ainda que há uma verdade escondida por detrás do adiamento da construção do aeroporto do Montijo e esse argumento chama-se "proteger a TAP" porque "a estrangulada capacidade da Portela só beneficia a TAP e é a única companhia que lucra com os atrasos na construção de um novo aeroporto".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de