João Torres é o novo vice-presidente da Internacional Socialista

O secretário-geral adjunto do PS sucede a Carlos César.

João Torres, secretário-geral adjunto do PS, foi eleito este domingo o novo vice-presidente da Internacional Socialista, sucedendo ao presidente do partido, Carlos César.

O congresso da organização decorreu em Madrid, onde Carlos César, que assumiu as funções em 2017, decidiu não ser recandidato ao lugar de vice-presidente da Internacional Socialista.

"A eleição para o órgão que representa o movimento socialista à escala global significa que continua a ser fortemente reconhecido e valorizado o papel de Portugal na defesa do multilateralismo", afirma o novo vice-presidente da Internacional Socialista.

E acrescenta: "A Internacional Socialista deve desempenhar um papel da maior relevância na defesa dos valores democráticos, da solidariedade e da paz, em profundo respeito pelos direitos humanos."

O secretário-geral do PSOE, de Espanha, Pedro Sánchez, foi eleito presidente da organização, enquanto a secretária-geral é Benedicta Lasi, do Gana.

Janira Almada, de Cabo Verde, Manuel Augusto, de Angola, Carlos Lupi, do Brasil, Isabel Allende, do Chile, Edi Rama, da Albânia, e Colette Avital, de Israel, acompanham João Torres na vice-presidência da Internacional Socialista.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de