"Não tenho nada contra que o futebol tenha um Mundial nesta região"

Augusto Santos Silva está no Catar para assistir ao Portugal-Uruguai.

Já a sentir algum nervosismo pré-jogo, Augusto Santos Silva, o presidente da Assembleia da República, afirmou que a organização do Mundial no Catar lhe tem parecido muito profissional e não tem nada contra a realização da competição naquela região.

"Não tenho nada contra que o futebol, que é um desporto global, tenha pela primeira vez um campeonato mundial nesta região do Médio Oriente e do Golfo. Um desporto global deve poder ser organizado em qualquer parte do mundo. Estamos aqui a dizer que todo o país apoia a sua seleção", sublinhou Santos Silva, que está no Catar para assistir ao jogo da seleção.

Santos Silva acredita também que a candidatura ibérica para organizar o Mundial em 2030, em conjunto com a Ucrânia, tem tudo para ser bem-sucedida e tem ficado surpreendido com a popularidade de Cristiano Ronaldo no Catar.

"Cheguei ontem ao fim da noite, hoje já pude falar com portugueses e quer ao nível das autoridades quer ao nível dos cataris vejo que a popularidade de Cristiano Ronaldo é absolutamente espantosa e a simpatia por Portugal é grande. Há muitas pessoas que oscilam entre querer um Portugal-Argentina na final ou Brasil-Portugal", acrescentou o presidente do Parlamento.

A seleção portuguesa defronta esta segunda-feira o Uruguai, na segunda jornada do Grupo H do Mundial2022, sendo que uma vitória garantirá já à equipa das 'quinas' a qualificação para os oitavos de final da prova.

Depois do triunfo sobre o Gana (3-2), Portugal terá pela frente aquele que, à partida, será o principal rival na luta pela primeira posição do grupo, num encontro agendado para as 22h00 locais (19h00 em Lisboa), em Lusail, e que encerra a segunda ronda da fase de grupos.

A partida será realizada no Estádio de Lusail, o maior entre os oito do Mundial2022, com capacidade para 88.000 espetadores, e será arbitrada pelo iraniano Alireza Faghani.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de