"Nunca o Governo tomou decisões em matéria de vacinação"

Marta Temido responde às dúvidas levantadas sobre a vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos.

A ministra da Saúde, Marta Temido, sublinha que o Governo "nunca tomou decisões em matéria de vacinação". No debate realizado a pedido do PSD, a governante esclareceu que o Executivo acompanhou apenas a recomendação técnica da Direção-Geral da Saúde sobre a vacinação contra a Covid-19 das crianças dos 5 aos 11 anos.

"Nunca o Governo tomou decisões em matéria de vacinação. Nunca o Governo decidiu se uma vacina era ou não integrada no Plano de Vacinação. Limitou-se sempre a acompanhar aquilo que era a decisão técnica, o parecer dos peritos", disse Marta Temido.

A vacinação contra a Covid-19 esteve no centro também do debate preparatório para o Conselho Europeu e que contou com o primeiro-ministro.

António Costa considera que não faz sentido a vacinação obrigatória em Portugal.

"Não faz sentido que haja uma decisão europeia que abranja países como o nosso onde felizmente, sem qualquer obrigação, temos conseguido atingir a vacinação praticamente universal", disse.

Num debate predatório para o Conselho Europeu, o primeiro-ministro mostrou-se ainda contra restrições de voos.

"Não somos favoráveis, nem julgamos que seja uma medida eficaz, a restrição de voos, sobretudo, conforme vamos tendo conhecimento mais consolidada sobre aquilo que é a nova variante", referiu.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de