AUTOvoucher ainda é desconhecido para muitos e alguns consideram "uma esmola"

Há quem não conheça a medida, nem como proceder para obter o desconto de 5 euros mensais no abastecimento de combustíveis.

Nos locais por onde passou a reportagem da TSF os poucos automobilistas que já conhecem esta medida do governo não mostram também grande entusiasmo. E a maior parte nem sabe o que ela é ou representa. "AUTOvoucher?", questiona um motociclista. "Não sei o que isso é." Quando lhe explicamos admite ir procurar como se inscrever na plataforma. Mas não é caso único. Pelo contrário. A maior parte dos automobilistas que chegavam para abastecer as suas viaturas a duas bombas de gasolina por onde passámos não sabiam o que era o AUTOvoucher nem como fazer para obter os 5 euros de desconto nos combustíveis.

Foi o caso de Fernando, 68 anos. "Não sei nada disso, já ouvi falar mas desconheço isso, acho que não vale a pena", afirma convicto. Também José, 27 anos, não conhecia a medida. "Não estava a par, mas agora que a senhora me está a dizer...é bom tudo o que seja para desconto."

Apesar da "aula de pedagogia" sobre o AUTOvoucher repetida automobilista após automobilista, subsistem muitas dúvidas nos condutores. Por exemplo há quem tenha empresas e não saiba se pode ter acesso ao desconto. Não pode. Ou outros que não sabem como se inscrever na plataforma. E outros ainda, como Margarida, que considera que o desconto atribuído pelo governo aos contribuintes é tão pouco que nem vale a pena inscrever-se na plataforma. A colocar combustível numa bomba na Estrada Nacional 125 Margarida afirma que o governo "está a dar uma esmola, depois de tirar tudo". "Não vou aderir", diz afirmativa. Há ainda quem conte que se desloca a Espanha de propósito para poupar 30 cêntimos em cada litro de combustível e julgue que o desconto proporcionado pelo AUTOvoucher é demasiado curto.

Só um cidadão brasileiro que trabalha na restauração e já sabe como funciona o IVAucher mostrou à reportagem entusiasmo com a medida. "Pensava que era só para restauração. É preciso fazer o cadastro no site? Ah, tá bom!"

A funcionária de uma gasolineira acredita que talvez daqui por uns dias as pessoas se mostrem mais recetivas à ideia. "Há pessoas que não querem saber nada disso, dizem que "ninguém dá nada a ninguém", conta. "Também começou hoje, as pessoas vão começando a falar umas com as outras e se disserem que receberam os 5 euros, talvez depois fiquem mais interessadas", acredita.

É esperar para ver, mas por enquanto parece que o AUTOvoucher está a provocar pouco entusiasmo nos consumidores de combustíveis.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de