Aveiro, Coimbra e Leiria juntam-se aos distritos em alerta laranja de incêndio

É a partir das 00h00 deste sábado que os três distritos sobem o nível de alerta.

Os distritos de Aveiro, Coimbra e Leiria vão juntar-se, a partir das 00h00 deste sábado, a lista de distritos em estado de alerta especial laranja para risco de incêndio, que rege o nível de prontidão, numa altura em que Portugal enfrenta perigo de incêndio muito elevado ou máximo.

Assim, a partir da meia-noite, serão nove os distritos em alerta laranja, depois de esta sexta-feira já terem entrado para a lista Viseu, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco e Santarém. Os restantes nove estarão em alerta amarelo, o terceiro mais elevado.

Num briefing a partir da sede da Proteção Civil, o coordenador André Fernandes, revelou que nesta quinta-feira foram registados 91 incêndios, tendo 89 sido resolvidos no ataque inicial dos bombeiros. Os distritos do Porto, Aveiro, Setúbal e Leiria foram os que registaram o maior número de ocorrências.

Num momento em que há três grandes incêndios ativos em Portugal - Ourém, Benespera e Carrazeda de Ansiães - registam-se episódios de "ferimentos ligeiros e cansaço" nos bombeiros destacados.

Para esta sexta-feira prevê-se um quadro meteorológico "estável", com humidade relativa do ar inferior a 20% na generalidade do território, vento de leste "tipicamente mais intenso" e com velocidades de até 45 km/h nas terras altas a partir do final do dia.

Portugal vai também passar por uma subida "gradual e generalizada" da temperatura, com máximas acima de 40 ºC e mínimas a partir dos 20 ºC, podendo chegar aos 25 ºC no interior do país.

Além do pré-posicionamento de meios a nível nacional, há um reforço de 535 bombeiros que já estão colocados no terreno.

A situação de alerta devido ao "significativo aumento do risco de incêndio rural", decretada pelo IPMA, começou às 00h00 desta sexta-feira e vai vigorar até às 23h59 de 15 de julho.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de