Colisão entre dois barcos em Alcochete faz um morto e um ferido

O acidente entre duas embarcações ocorreu por volta das 23h15 desta sexta-feira, junto à praia do Samouco.

Uma mulher, de 52 anos, morreu e um homem ficou ferido, após uma colisão entre dois barcos, ocorrida na sexta-feira à noite no concelho de Alcochete, disse este sábado à agência Lusa o comandante do Porto de Lisboa.

Segundo adiantou à Lusa o comandante da capitania do Porto de Lisboa, Diogo Branco, o acidente, entre duas embarcações, ocorreu por volta das 23:15, junto à praia do Samouco (distrito de Setúbal), tendo um dos barcos envolvidos, onde seguia um casal de nacionalidade tailandesa, afundado.

Por sua vez, a outra embarcação deixou o local, estando neste momento a Polícia Judiciária (PJ) a proceder a diligências para a encontrar.

"Eles foram projetados para a água. Foram recolhidos por pessoas que se encontravam nas imediações e foram transportados para a praia do Samouco. A senhora estava em paragem cardiorrespiratória e houve várias tentativas para a reanimar, sem sucesso. O óbito foi declarado no local", contou.

Já o homem, de 44 anos, foi transportado para Hospital do Barreiro, onde se encontra internado, desconhecendo-se a gravidade dos ferimentos.

Durante o dia deste sábado a Capitania do Porto de Lisboa e a Polícia Marítima de Lisboa procederam à localização e recolha da embarcação afundada.

Segundo adiantou Diogo Branco, existe a suspeita de que o casal estivesse a efetuar a apanha ilegal de bivalves no Tejo.

"As embarcações estavam em trânsito. Admito como possível que estas duas pessoas que estavam na embarcação que afundou tivessem estado, efetivamente, na apanha ilegal de bivalves. Quanto à outra embarcação, desconhecendo que embarcação é que é, não vou opinar", apontou.

Segundo o capitão da capitania do Porto de Lisboa, aquela zona entre Alcochete e Samouco "é uma zona onde há uma significativa apanha manual ilegal de bivalves".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de