Fogo na Serra da Estrela "dominado nos próximos dois dias", cegos preocupados com trotinetes e outros destaques TSF

Segundo André Fernandes, o incêndio na Serra da Estrela "continua bastante fragmentado", mas já a partir da próxima madrugada, haverá "uma janela de oportunidade" para dominar o fogo que já esteve dominado, mas reativou-se com intensidade.

O incêndio na Serra da Estrela voltou a marcar a ordem do dia. Esta terça-feira, a Proteção Civil referiu que espera ter as chamas dominadas nos próximos dois dias, aproveitando a "janela de oportunidade" criada pelo desagravamento das condições meteorológicas, previsto a partir da madrugada desta quarta-feira.

Durante a tarde, um acidente com um veículo de bombeiros entre Sarzedo e Teixoso fez esta tarde dois feridos, confirmou à TSF a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O destino dos habitantes das freguesias de Gouveia é a Escola Básica de Teixoso, que se transformou num centro de acolhimento temporário. Aos microfones da TSF, João, de 64 anos, conta que teve de abandonar Orjais, uma das localidades que está vulnerável ao incêndio que atinge a Serra da Estrela, com a esposa, de 62 anos e o irmão, com 60.

Esta terça-feira, o presidente do SIRESP, o brigadeiro general Paulo Viegas Nunes, rejeitou responsabilidades no caso dos sete bombeiros que ficaram sem comunicações com o posto de comando do incêndio da Serra da Estrela nesta segunda-feira.

O uso "desenfreado e sem civismo" de trotinetes aumentou o medo de usar o espaço público nas pessoas invisuais, agudizando o sentimento de isolamento de quem não vê, denunciou a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.

A Autoridade da Concorrência alertou para os "riscos" da fixação de preços administrativos pelos governos em contexto de aumento de inflação, indicando que podem funcionar como "ponto focal de conluio".

Na justiça, o presidente da Associação Sindical de Juízes Portugueses considerou "preocupantes" os dados de um estudo sobre a independência dos magistrados e exige uma resposta do Conselho Superior da Magistratura à perceção de corrupção na justiça.

Os cerca de mil trabalhadores da TAP que estiveram esta terça-feira num protesto em Lisboa, que juntou pilotos, pessoal de cabine e técnicos de manutenção, onde admitiram avançar com novas manifestações contra aquilo que consideram ser a má gestão e exigem ao ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, que assuma que errou.

O consumo de combustíveis em Portugal aumentou 31,1% em junho. Segundo dados da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, o aumento mais significativo verificou-se no consumo de combustível para aeronaves, com uma subida homóloga de 119,9%, seguindo-se a gasolina e o gasóleo.

Esta quinta-feira, Guterres visita Ucrânia para encontro com Zelensky e Erdogan na cidade ucraniana de Lviv, e no dia seguinte, o secretário-geral da ONU visitará Odessa.

A travessia fluvial que liga Cacilhas, Seixal e Montijo à cidade de Lisboa só é possível a partir das 11h00 entre quarta e sexta-feira devido à greve parcial dos trabalhadores da Transtejo, que afeta as horas de ponta. Esta terça-feira, a travessia entre as duas margens iniciou-se a partir das 10h00 no caso do Seixal, Cacilhas e Montijo, e das 09h30 no caso do serviço Trafaria-Belém

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de