Mensagens de ódio nas forças de segurança, Teixeira dos Santos recorda últimos dias antes da troika e outros destaques TSF

Ministro José Luís Carneiro pede que não se confunda alguns agentes da PSP e militares da GNR com o todo que compõe as forças de segurança.

Disponível para ir ao Parlamento prestar esclarecimentos sobre a publicação de mensagens de ódio nas redes sociais por parte de alguns membros das forças de segurança, o ministro da Administração Interna pede que não se confunda "a parte com o todo". Para já, a investigação tem de ser "célere, ampla e profunda".

Em declarações à TSF sobre este caso, o constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia explicou que os militares e os membros das forças de segurança não podem ter ligações a partidos políticos. Isto, depois de André Ventura ter garantido que não vai contribuir para que os polícias sejam perseguidos e que só se o obrigarem é que vai revelar os nomes dos agentes da autoridade com ligações ao partido.

A PSP já anunciou que vai participar às autoridades judiciais os indícios das notícias que referem a publicação, por agentes das forças de segurança, de mensagens nas redes sociais com conteúdo discriminatório e que incitam ao ódio.

Em entrevista à TSF e ao DN, o antigo ministro das Finanças Fernando Teixeira dos Santos lamenta não ter sido mais "veemente" em 2011 com o então primeiro-ministro José Sócrates quando este se opôs a chamar ajuda financeira internacional.

O Governo aprovou em sede de Conselho de Ministros a proposta de lei que regulamenta a taxa extraordinária e temporária sobre os setores da energia e da distribuição alimentar. O diploma segue agora para a Assembleia da República.

Apresentado esta quinta-feira, o Plano Ferroviário Nacional prevê uma terceira travessia sobre o Tejo, entre Chelas, em Lisboa, e Barreiro, Setúbal, que deverá estar concluída até 2050. O objetivo é encurtar em mais de 30 minutos as viagens entre Lisboa e o Alentejo e Algarve.

O líder do PSD, Luís Montenegro, levou a uma sala europeia a questão política nacional do momento. Na Assembleia Política do Partido Popular Europeu, Montenegro exigiu a António Costa que explique politicamente a "intromissão" no Banco de Portugal.

Dois cidadãos russos e um ucraniano foram condenados a prisão perpétua pela queda do avião MH17, da Malaysia Airlines em 2014, numa área do leste da Ucrânia dominada por separatistas pró-Rússia.

O início do julgamento de Duarte Lima no caso do homicídio de Rosalina Ribeiro foi adiado para data a definir. O tribunal não conseguiu notificar algumas das testemunhas no estrangeiro.

Que venha o Mundial. Portugal venceu a Nigéria por 4-0 no derradeiro teste antes do torneio no Catar. Bruno Fernandes, por duas vezes, Gonçalo Ramos e João Mário fizeram o gosto ao pé.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de