"Não dá para perceber." Associação de Discotecas pede ao Governo para definir rumo para o setor

Mariana Vieira da Silva evitou o tema da reabertura das discotecas na conferência de imprensa, depois do Conselho de Ministros.

A Associação Nacional de Discotecas pede ao Governo que defina um rumo e o mantenha. A reação dos representantes dos donos das discotecas surge após o secretário de Estado Duarte Cordeiro ter dito que está na hora de pensar na reabertura dos espaços de diversão noturna e usar isso como incentivo à vacinação entre os jovens.

Uma eventual reabertura que a ministra de Estado e da Presidência evitou na conferência de imprensa, depois do Conselho de Ministros. É por isso que José Gouveia, da Associação Nacional de Discotecas, está confuso.

"Não dá para perceber muito bem o que é que o Governo pensa, se isto é um pensamento isolado de uma pessoa ligada ao Governo porque acabei de ver a conferência de imprensa do Conselho de Ministros e a ministra da Presidência pura e simplesmente recusa-se a falar sobre o assunto. E a responder a uma pergunta sobre esta matéria quando, efetivamente, foi um colega dela do Executivo que lançou esse repto numa entrevista ao público. Aqui a questão passa exatamente por isso: perceber, afinal de contas, que o Governo tem de tomar uma posição e não a está a tomar", explicou à TSF José Gouveia.

Quanto à ideia de Duarte Cordeiro, de usar a reabertura das discotecas como forma de incentivar a vacinação entre os jovens, José Gouveia acredita que pode ter esse efeito.

"Acho, inclusive, que o futuro vai passar pelo certificado digital e não é como fugir a isso. O certificado digital, a muito curto prazo, será a garantia para frequentar um evento, fazer uma refeição na parte interior de um restaurante, eventualmente andar num transporte público e para ter esse certificado é necessário a vacinação. Sabendo que os seus passos estão limitados e que o certificado digital é a solução para o alargamento dos seus movimentos, os jovens vão optar por isso", acrescentou o representante da Associação Nacional de Discotecas.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de