O dia em que a rainha de Inglaterra provou leitão à Bairrada

Quando Isabel II visitou Portugal foi-lhe servido leitão no banquete. A monarca gostou tanto que mais tarde seguiu de avião um leitão para o Reino Unido.

Vidal Agostinho, atual proprietário do restaurante Vidal dos Leitões, em Águeda, já não tem grandes recordações da situação, nem conhece ao pormenor o momento vivido pelo seu pai, Vidal Dias Ferreira.

Na altura, em 1985, quando ele estava à frente do restaurante foram-lhe encomendados três leitões para servir à rainha de Inglaterra no banquete de Estado. "O meu pai tinha muitos amigos na política", conta. "Vendíamos muito leitão para Lisboa e talvez por influência de alguma dessas pessoas entenderam servir leitão à rainha", adianta

O leitão estaladiço da Bairrada agradou tanto a Isabel II que, mais tarde, seguiu outro bicho de avião para o Reino Unido. "Quando alguém foi a Inglaterra levou o leitão e diz-se que seguiu em primeira classe" no avião. Vidal Agostinho não tem a certeza mas pensa que terá sido "por ela ter gostado muito que alguém, como prenda", ou mesmo a pedido da própria, levou a iguaria até Inglaterra.

Neste restaurante, que passou de pai para filho, a história não foi divulgada até que, anos depois, foi dada a conhecer ao público através do jornal a Bola.

O jornalista passou pelo restaurante acompanhado pelo atleta Olímpico António Leitão que iria ao Porto participar numa prova. " No dia a seguir o António Leitão ganhou a corrida e o jornalista escreveu que ele tinha ganho graças ao leitão feito pelo assador da rainha".

A partir daí, muita gente começou a ir ao local, a querer saber pormenores sobre a história.

Na lembrança de Isabel II permaneceu, com certeza, uma boa memória do leitão à Bairrada português.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de