Quatro focos de incêndio "seguidos em zona delimitada" levantam suspeitas na Lousã

Autarca refere que a resposta rápida dos meios no local tem permitido debelar o fogo "à nascença".

Uma série de pequenos focos de incêndio, ocorridos num curto espaço de tempo e todos no mesmo local, levantaram esta tarde suspeitas de fogo posto na Lousã, distrito de Coimbra.

Em declarações à TSF - e quando descrevia "o quarto foco de incêndio numa hora" -, o autarca Luís Antunes referiu que a pronta resposta de mais de cem operacionais e duas aeronaves tem permitido impedir que o fogo ganhe outra dimensão.

"Os meios têm conseguido atacar rápido", o que permitiu dominar "à nascença" os incêndios, mas Luís Antunes refere que a situação é "preocupante, atendendo as condições climatéricas" no local.

"A coincidência destas condições climatéricas com a ocorrência de quatro focos seguidos, numa zona delimitada" de Foz de Arouce levam o autarca a temer que tenha havido mão humana.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de