Roubado ouro no valor de 40 mil euros em ourivesaria de Viana do Castelo

Assaltante usou um pé-de-cabra e fez também estragos no vidro da montra e na porta.

Uma ourivesaria em Viana do Castelo foi assaltada esta sexta-feira, estimando-se prejuízos de cerca de 40 mil euros em peças de ouro, a que acrescem os danos causados na porta e na montra do estabelecimento, disse o proprietário.

Em declarações aos jornalistas, o proprietário da Lilian Jewelry, Pedro Pires, disse que o assalto foi consumado cerca das 02h20, após uma primeira tentativa frustrada, às 00h57, hora a que foi contactado pela empresa de segurança.

"Disseram-me que tinha havido um encosto na montra. Depois às 02h20 foi quando entraram na loja, pela porta principal", explicou o empresário, de 36 anos, que estimou em cerca 40 mil euros o valor das peças roubadas.

"Há ainda estragos no vidro da montra e na porta. Do interior da loja só levaram ouro. O que apanharam levaram", afirmou.

Segundo Pedro Pires, as imagens de videovigilância permitem ver apenas uma pessoa, que "não devia estar sozinha".

"Tinha um pé-de-cabra na mão, vê-se nas filmagens. Tinha um capucho. Pouco se via a cara", adiantou, referindo que uma vizinha ouviu um barulho, mas não valorizou.

Contactado pela agência Lusa, o segundo comandante da PSP de Viana do Castelo, Raul Curva, adiantou que a investigação está em curso e que aquela força policial já tem em sua posse as imagens de videovigilância da ourivesaria.

Raul Curva adiantou que a PSP foi contactada pela empresa de segurança do estabelecimento comercial e deslocou-se para o local.

A loja assaltada está situada na rua Sacadura Cabral, em pleno centro histórico de Viana do Castelo, junto à Ourivesaria Freitas, que em 2007 foi alvo do mais violento assalto de que há memória em Viana do Castelo.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de