PSP reforçou vigilância em pontos críticos de Lisboa

Ponte 25 de Abril e monumentos com maior concentração de turistas estão sob olhar mais atento da polícia. Número de agentes não foi reforçado.

O jornalista Nuno Serra Fernandes diz como se vai processar este reforço de segurança em Lisboa.

00:0000:00

A vigilância foi reforçada "em todos os pontos considerados críticos", disse o subcomissário Hugo Abreu, do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.

A ponte 25 de Abril, a zona da baixa da capital, o Mosteiro do Jerónimos, a Torre de Belém e o Centro Cultural de Belém são alguns dos locais onde os polícias vão estar mais "mais atentos e vigilantes".

O número de elementos policiais não foi reforçado, confirmou o subcomissário à TSF numa declaração que não quis gravar.

Após os atentados de sexta-feira em Paris, a PSP reforçou também a segurança nas embaixadas de França, Reino Unido, Estados Unidos e Alemanha na capital portuguesa, bem como nos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro.

Hugo Abreu disse que, no caso das embaixadas, houve um reforço do policiamento e os agentes estão a usar coletes antibalísticos e armas com maior calibre.

Segundo a PSP, o nível de alerta na área da segurança em Portugal mantém-se depois dos atentados de Paris, sendo este reforço feito por precaução.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de