"Apenas 1% acaba reciclado com qualidade": eis o impacto dos resíduos têxteis

"Apenas 1% acaba reciclado com qualidade": eis o impacto dos resíduos têxteis

O poliéster, as fibras sintéticas e as microfibras não são fáceis de reciclar e, por isso, têm um grande impacto ambiental e na saúde das pessoas. Susana Fonseca, da associação ambientalista Zero, explica que o cenário é "bastante preocupante" e aponta a "responsabilidade quase total" à indústria da "fast fashion", que "produz sem qualquer preocupação em relação ao que vai acontecer à peça de roupa no final da sua vida". A especialista dá ainda uma sugestão: se o produto for usado mais nove meses, é possível reduzir "entre 20 e 30 por cento da pegada carbónica dessa mesma peça".